História

 

Formas primitivas de Ténis de Mesa ter-se-ão praticado há muitos séculos atrás, na Ásia, na Inglaterra e mesmo entre os índios da América do Norte e do Sul.

No século XIX, em Inglaterra, já era muito conhecido com o nome de Miniature Indoor Tennis Game.

Só a partir de 1890 é que se passou a usar uma bola de cetuloide (criação do engenheiro inglês, James Gibb), que veio substituir a bola de borracha cheia de ar, que se utilizava anteriormente.

O Ténis de Mesa, também conhecido como Pingue-Pongue, deve este nome ao ruído produzido pela bola nos seus batimentos.

O jogo divulgou-se rapidamente e na Ásia é um jogo com enorme popularidade.

A Federaçäo Internacional de Ténis de Mesa, fundou-se em 1926.

Em Portugal, o Ténis de Mesa, surgiu a partir de 1913, por ação da Associaçäo Cristã da Mocidade.

A Federaçäo Portuguesa de Ténis de Mesa fol fundada a 27 de outubro de 1944.

A Associaçäo de Ténis de Mesa do Porto é a associaçäo mais antiga do país - foi fundada 18 de fevereiro de 1929.

 

I Jogos Europeu 2015

Ténis de Mesa por equipas
 
 

A Seleção Nacional venceu na final a Franca por 3-1.

No primeiro jogo, Tiago Apolónia foi contundente na vitória sobre Adrien Mattenet (3-0 em sets). Marcos Freitas aumentou a vantagem vencendo Simon Gauzy (3-2 em sets). Em pares, Apolónia e João Geraldo perderam frente a Emmanuel Lebessone e Simon Gauzy (2-3 em sets). 

No quarto jogo, o jovem João Geraldo (19 anos), que entrou na equipa à última-hora para substituir o lesionado João Monteiro, virou herói improvável ao vencer Adrien Mattenet (3-0 em sets), dado o título a Portugal.

 

  

Tiago Apolónia, Marcos Freitas e João Geraldo

 

 

Campeonato da Europa de Ténis de Mesa 2014

Competição por equipas

 

A Seleção Nacional bateu na final a Alemanha por 3-1, num feito tanto maior quando pela frente estava a melhor seleção europeia, seis vezes seguidas campeã europeia.

Portugal entrou a ganhar com uma vitória de Marcos Freitas sobre Steffen Mengel (3-0 em sets). Os alemães igualaram com um triunfo de Timo Boll sobre João Monteiro por (3-0 em sets). A seleção portuguesa voltou para a frente com a vitória de Tiago Apolónia sobre Dimitrij Ovtcharov (3-1 em sets). No último jogo, Marcos Freitas venceu Timo Boll (3-1 em sets).

 

Tiago Apolónia, João Monteiro e Marcos Freitas